Maquiagem Artística

17 de junho de 2015
POR: Marília Saveri

Aposto que vocês já viram várias dessas maquiagens artísticas no mundo do cinema, do teatro ou das passarelas, afinal, em situações em que temos a chance de criarmos personagens, podemos abusar da criatividade e da imaginação, criando trabalhos fascinantes. Quer saber mais? Vem com a Belle!

shutterstock_251521870

A maquiagem artística começou nas antigas civilizações, lá no Egito, quando muitos povos tinham o hábito de se maquiarem com elementos de origem vegetal, como o urucum e o carvão. E então o estilo da maquiagem e seus traços foi passando por várias transformações e se reformulando até chegar às maquiagens que vemos na atualidade. Geralmente, encontramos a maquiagem artística em trabalhos cinematográficos e teatrais.

Mas não pense que a maquiagem artística está apenas no cinema e no teatro. Ela também é muito usada nas ocasiões mais rotineiras, por exemplo: em festas infantis, festas a fantasia, bailes de máscara, programas de televisão e festas de debutantes.

É um tipo de maquiagem mais livre, sem muitas regras, e trabalha o lado criativo do maquiador. Para esse tipo de make-up, utilizamos materiais bem diferentes do que estamos acostumadas a ver em nosso trabalho, na escola, ou em situações cotidianas, entre os quais podemos citar: colas, massas, pedrarias, tecido, próteses e até mesmo uma simples bola de algodão.

Temos como referência o famoso Cirque du Soleil, onde os maquiadores brincaram com ideias de animais e personagens inusitados. E vocês já viram como o trabalho visual fica sensacional?

E cá para nós, quem não gostaria de se imaginar em uma grande passarela ou até mesmo em um enorme picadeiro?  A maquiagem artística tem o poder de transformar pessoas em personagens IN-CRÍ-VEIS!

 

** Gostou das informações? Escreva para mim, nos comentários, e me conte sobre o assunto que gostaria de ver aqui no Blog! Prometo pesquisar, falar com especialistas e te trazer respostas rapidinho.

** PS: Um agradecimento ao maquiador artístico Junior Lopes, o Gui, instrutor do curso de maquiagem artística do Instituto Embelleze de Grajaú, em São Paulo, que forneceu as informações desse post.

Comentários

comentários