Profissão: Depiladora

6 de janeiro de 2016
POR: Marília Saveri

Investir na carreira é projeto para o ano novo. Você já fez sua escolha?

Neste mês, você fica sabendo quais as carreiras promissoras em 2016. E hoje o assunto é o mercado de depilação profissional, que não para de crescer.

De acordo com pesquisas recentes, 93,1% das mulheres brasileiras fazem depilação. Dessas, 46,9% realizam o procedimento todo mês e 43,6% depilam duas ou mais vezes ao mês (*). Como resultado, no Brasil, o serviço de depilação foi um dos que mais cresceu no setor da beleza. Prova disso é a expansão de salões especializados nesse serviço e o aumento da procura por cursos profissionalizantes.

Vem saber mais!

shutterstock_293262812 (1)

 

O cuidado com a beleza é antiga. O hábito de se depilar já existia no Egito, na Grécia Antiga, na cultura dos índios xavantes, entre outros povos. De lá pra cá, muita coisa mudou, mas você precisa saber que a depilação não se resume às técnicas com cera quente ou fria. As mudanças e inovações no setor da estética têm exigido profissionais mais treinados e atualizados.

Para se destacar, é preciso estar antenado às tendências. Para Marília Saveri, gerente de negócios educacionais do Instituto Embelleze, rede que formou mais de 10.000 depiladoras em 2015,  vale destacar que as profissionais agora trabalham com as técnicas de depilação com linha egípcia e oferecem serviços diferenciados como: tratamento de foliculite, clareamento de pelos, clareamento de manchas em áreas depiladas, esfoliação, depilação masculina, depilação esportiva, entre outras oportunidades.

shutterstock_207333769

 

“É uma das melhores áreas para investir. Para garantir o bom faturamento, o profissional de depilação deve garantir a qualidade do serviço oferecido ao cliente, conhecer as técnicas e os produtos disponíveis no mercado, atuar com biossegurança e ética profissional”, diz a gerente, lembrando que um curso completo de depilação abrange não apenas a prática, mas também o estudo de fisioanatomia da pele e dos pelos, noções de dermatologia, biossegurança, cosmetologia, etc.

O profissional formado em depilação (4 meses) pode atuar em salões de beleza, clínicas de estética, em domicilio ou montar o próprio negócio.

E aí? Você já trabalha nesta área? Conta pra gente!

——–

**Estudo universitário publicado: “Hábitos e costumes de mulheres universitárias quanto ao uso de roupas íntimas, adornos genitais, depilação e práticas sexuais”.

Outras informações: institutoembelleze.com

Comentários

comentários